Túnel de Taguatinga começa a sair do papel

Projeto do túnel de Taguatinga. Foto: GDF/Divulgação

O túnel do centro de Taguatinga começa a sair do papel. O Governo do Distrito Federal iniciou, nesta quinta-feira (14), os desvios de trânsito necessários para a obra. O trabalho começou na alça de acesso à EPTG pelo Pistão Norte, que será alargada e ganhará mais uma faixa. No dia 18 de maio devem ser iniciados as obras na Avenida das Palmeiras. A previsão é que os desvios estejam prontos em 30 dias e que comecem a funcionar no dia 15 junho.

“Queremos garantir a fluidez do tráfego e a segurança de todos durante a execução dos serviços do túnel. São mais de 135 mil veículos que circulam pela região”, explica o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “Para isso, estamos agindo de forma preventiva e construindo desvios eficientes, uma vez que, durante a construção do túnel, a Avenida Central será parcialmente interditada”, acrescenta.

Serão realizados serviços de terraplanagem, pavimentação, instalação de sinalização de trânsito horizontal e vertical, limpeza de camada vegetal e corte de árvores em trechos do Pistão Norte, da Avenida das Palmeiras e no acesso à Avenida Samdu Norte. “É importante reforçar que para as obras de desvios de trânsito não haverá qualquer interdição no fluxo atual dos veículos”, esclarece Ricardo Terenzi, subsecretário de acompanhamento e fiscalização de obras do GDF.

Além do consórcio de empresas responsável pela execução do Túnel, as obras dos desvios de trânsito contam com apoio do Detran, DER, CEB e Novacap.

Deixe um comentário