Tudo certo para a Copa

A cinco meses para o início da Copa do Mundo, apenas três das cinco grandes obras programadas para Brasília se preparar como uma das doze cidades-sede estarão prontas antes do início da competição. De acordo com o Portal 2014, o estádio Nacional Mané Garrincha, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubstchek e o Expresso DF (ligação do Plano Piloto com o Gama e Santa Maria) serão concluídos.

A duplicação da DF-047 (que dá acesso ao aeroporto) está atrasada. Já o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) – suspenso pela Justiça desde abril de 2009, por suspeita de irregularidades no processo licitatório – não tem previsão para conclusão. O plano de mobilidade urbana ainda não foi concluído e apenas 50% dos 2.580 ônibus novos foram entregues até agora.

O Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade (PDTU), de 2011, está longe de ter um final feliz. Mesmo com novos veículos rodando nas linhas da cidade e a conclusão do Expresso DF, o Plano de Mobilidade ainda é um mistério. De acordo com o professor da UnB, Paulo César Marques da Silva, doutor em estudos em transportes, ainda não existe um plano, e sim obras, e só será possível saber se funcionará quando estas forem concluídas.

A Secretária de Transporte ainda não se posicionou se o Plano de Mobilidade Urbana se adaptará ou será feito um novo para ficar de acordo com a lei 12.587/2012, referente à Política Nacional de Mobilidade Urbana. “A Copa do Mundo não será um problema para o transporte. Afinal, em dias de jogos será feriado na cidade, diminuindo o fluxo de pessoas. Os turistas não precisarão usar o transporte coletivo, pois o Setor Hoteleiro é próximo ao estádio”, acredita o especialista.

Novos Ônibus – Os novos ônibus agradam a população. Eles possuem características até então desconhecidas pelos usuários brasilienses. Todos os novos veículos têm vidros fumê, banco estofado com apoio para a cabeça, elevador de acesso de pessoa com deficiência e/ou dificuldade de locomoção. De acordo com a assessoria de comunicação do DFTrans, toda a nova frota de ônibus do DF será entregue até o final de fevereiro de 2014.

Expresso DF – A população do Gama e região terá acesso ao novo sistema de transporte público, o “Bus Rapid Transit” (BRT), que facilitará o trajeto para o Plano Piloto. A nova pista diminuirá 50 minutos o tempo do percurso, reduzindo a viagem para 40 minutos. De acordo com o DER-DF, o expresso começará a funcionar em fase de teste em fevereiro, pois serão necessários treinamentos e ajustes para que o funcione 100% até junho.

Para a realização desse projeto, foram construídos 43 Km de corredores exclusivos  para os novos veículos, 15 estações e 15 passarelas. Mas o melhor é a integração da passagem com os outros serviços de transportes (metrô ou ônibus convencionais). Os veículos do BRT possuem itens extras se comparados à nova frota, como ar-condicionado e telas de LCD, que aumentarão o conforto durante o caminho.

 

Luis Nova

Deixe um comentário