TST decide que grávidas sob aviso prévio têm direito

Tribunal Superior do Trabalho decide que as grávidas sob aviso prévio têm direito a estabilidade de cinco meses no emprego. A decisão foi tomada no caso de uma enfermeira em São Paulo, e o TST determinou que ela fosse indenizada pela empresa. 
Fonte: Band Notícias – BandNews FM
Ao pé do rádio.
 

Deixe um comentário