Troca-troca no GDF

O ex-secretário de Esportes e Lazer, Leandro Cruz, assume a secretaria de Educação do DF. Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha (MDB) também trocou o titular da Educação. No GDF entretanto, o motivo da substituição não foi político. João Pedro Ferraz alegou motivos pessoais e pediu para sair da secretaria. Ele deu lugar a Leandro Cruz, ex-secretário de Esportes e Lazer.

A primeira opção do governador, no entanto, era a advogada Carolina Petrarca. Ela administra a rede de restaurantes da família e é sócia de Gabriela Rollemberg, filha do antecessor do emedebista, Rodrigo Rollemberg (PSB), em um escritório de advocacia.

As trocas não pararam por aí. Valdetário Monteiro foi exonerado da chefia da Casa Civil, dando lugar a Gustavo Rocha, ex-ministro dos Direitos Humanos do governo Michel Temer (MDB). 

Na segunda-feira (15), Ibaneis exonerou o subcomandante da Polícia Militar, Sérgio Luiz Ferreira de Souza, após inação da corporação contra foguetório em direção ao Supremo Tribunal Federal no fim de semana passado.

Administrações — No Jardim Botânico, o ex-administrador João Carlos Couto (indicado pelo ex-deputado distrital Raimundo Ribeiro) foi substituído por Antônio de Pádua Amorim, apadrinhado pelo distrital Martins Machado (Republicanos). Foi a quinta troca de administradores regionais em seis dias.

Antes, o governador já havia nomeado Marcus Cotrim para a administração de Itapoã. Ele é do grupo do ex-governador José Roberto Arruda. Em 12 de junho, Célio Rodrigues, ligado ao líder do governo na CLDF, Cláudio Abrantes (PDT), assumiu em Planaltina. Na terça (16), Renato Couto Mendonça foi indicado por Jaqueline Silva (PTB) para Santa Maria.

Deixe um comentário