Troca-troca nas administrações

O governador Ibaneis Rocha (MDB) alterou, nesta segunda-feira (6), a titularidade de seis administrações regionais. As trocas foram registradas em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF).

As medidas foram tomadas pelo Executivo após derrota na votação do Refis e dificuldades para aprovar a reforma da Previdência na Câmara Legislativa. Parlamentares que votaram contra perderam espaço nas indicações.

O deputado distrital Reginaldo Sardinha (Avante) perdeu as administrações regionais do Cruzeiro e do Sudoeste, lideradas por Cláudio Simões e Luiz Eduardo Gomes. A deputada Jaqueline Silva (PTB) votou com o GDF na Previdência e recuperou o espaço que havia perdido na Administração Regional de Santa Maria. Marileide Alves foi nomeada.

O governo também tornou sem efeito a exoneração do administrador regional de Samambaia, Gustavo Aires. Ele foi indicado pelo MDB para assumir a administração do Cruzeiro. No seu lugar, entra Renato Couto Mendonça.

Veja a lista completa das alterações:

Administração Regional de Santa Maria

– Sai Renato Couto Mendonça e assume Marileide Alves da Silva Romão

Administração Regional do Cruzeiro

– Sai Cláudio Simões dos Santos e assume Gustavo Almeida Aires

Administração Regional de Samambaia

– Sai Gustavo Almeida Aires e assume Renato Couto Mendonça

Administração Regional do Sudoeste/Octogonal

– Sai Luiz Eduardo Gomes de Paula Pessoa e assume Daniel Damasceno Crepaldi

Administração Regional de Sobradinho

Sai Eufrásio Pereira da Silva e assume João Luiz Vieira da Silva

Administração Regional do Varjão

– Sai Nair Queiroz Pessoa e assume Lúcio Rogério Gomes dos Santos

SLU – Ibaneis exonerou, a pedido, o presidente do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Edson Duarte. O subsecretario de Gestão das Águas e Resíduos Sólidos, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Distrito Federal, Jair Vieira Tannús, assume interinamente a diretoria.

DF Legal – O secretário de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal), Gutemberg Tosatte, também foi exonerado. No lugar, assume Cristiano Nogueira de Sousa. Ele atuava como subsecretário de Fiscalização de Atividades Econômicas no órgão.

A mudança ocorre em meio à pandemia que deu ao DF Legal novas responsabilidades. Uma das atribuições da secretaria é a fiscalização das medidas de combate ao coronavírus impostas pelo executivo local, como o uso de máscaras e os protocolos de segurança para estabelecimentos abertos de maneira irregular.

Deixe um comentário