TRE suspende pré-campanha de Pezão

Luiz Fernando Pezão, vice-governador do Rio de Janeiro, é acusado de pré-campanha eleitoral

Luiz Fernando Pezão, vice-governador do Rio de Janeiro, é acusado de pré-campanha eleitoral (Vanor Correia/Governo)
Enquanto o vice-governador Luiz Fernando Pezão visitava as áreas atingidas pela chuva em Petrópolis, uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mandava suspender qualquer tipo de propaganda veiculada pelo PMDB em uma pré-campanha de Pezão na TV ou na internet. O pedido de retirada do material foi feito pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) na segunda-feira.
O procurador regional eleitoral Maurício da Rocha Ribeiro pediu também uma multa diária de 50 mil reais ao PMDB, caso desobedeça a ordem judicial, e outra entre 5 mil e 25 mil reais para o vice-governador pelo uso indevido da propaganda de seu partido. Na semana passada, o procurador entrou ainda com mais duas representações contra outros dois candidatos que anunciam interesse em disputar o cargo de governador do Rio em 2014: o senador Lindbergh Farias, do PT, e o deputado federal Anthony Garotinho, do PR.

Deixe um comentário