Transferências de Tévez e Mascherano para o Corinthians são citadas na Lava Jato

Tévez e Mascherano atuaram juntos pelo Corinthians e venceram o Campeonato Brasileiro de 2005. Foto: Divulgação

As transferências de Carlos Tévez e Javier Mascherano para o Corinthians, em 2005, entraram na mira dos procuradores da Operação Lava Jato. O empresário Gustavo Arribas, um dos responsáveis pela negociação dos argentinos com o clube brasileiro, foi citado em delação do doleiro Leonardo Meirelles, condenado no esquema de corrupção que envolveu a Petrobras. As informações são do jornal La Nación.

O delator apontou a movimentação de US$ 600 mil (cerca de R$ 1,9 milhão) por Arribas em cinco transferências realizadas em 2013. Agora, a Justiça Brasileira investiga a vida do empresário, que, na época, se dedicava exclusivamente ao mercado de negociações de jogadores e, hoje, é chefe da Agência de Inteligência Federal (AFI).

A saída de Tévez do Boca Juniors, em 2004, custou US$ 19 milhões (R$ 60 milhões) aos cofres do clube paulista. O volante Mascherano chegou seis meses depois por US$ 15 milhões (R$ 47 milhões).

}

Fonte:

Deixe um comentário