Torcedor do San José morre após ser atingido por sinalizador

Uma tragédia marcou a partida de estreia do Corinthians na Libertadores da América, na cidade de Oruro, na Bolívia. O torcedor do San José, Kevin Beltrán Espada de apenas 14 anos, morreu ao ser atingido por um sinalizador, que teria vindo da torcida alvinegra. O Timão empatou com o San José por 1 a 1.

O garoto era natural de Cochabamba, cidade na qual o Timão usou de escala para chegar em Oruro (local da partida), e viajou para assistir ao jogo. O artefato acertou o olho do menino, que foi levado ao Hospital Obrero, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os torcedores bolivianos presentes foram tomados de comoção e revolta, chamando os corintianos de “assassinos”. A polícia local não permitiu a saídas dos alvinegros do estádio. Com a confusão, até mesmo alguns jornalistas brasileiros foram impedidos de deixar o local.

“Alguns torcedores do Corinthians atiraram um objeto cilíndrico que acertou o torcedor. Depois os torcedores foram identificados pelo pessoal da inteligência e encontraram com eles o mesmo objeto que causou a morte”, afirmou o coronel Hector Rios, da polícia boliviana, à Fox Sports.

A polícia boliviana deteve 12 corintianos acusados de envolvimento no incidente. Segundo a delegada Abigail Saba, responsável pela investigação do caso, seis dos 12 fizeram testes para detectar se havia resíduos de pólvora nas mãos. Ela afirma que as identidades serão divulgadas após ouvir o depoimentos dos torcedores nesta quinta-feira de manhã.

Fonte: Esporte Interativo

Deixe um comentário