Tesouro pode pagar a conta da energia térmica

Governo estuda utilizar recursos do Tesouro Nacional para remunerar as termelétricas e evitar que os custos cheguem à tarifa do consumidor

Torres de alta tensão

O governo quer que o Tesouro pague a conta da utilização das termelétricas (Justin Sulivan/Getty Images)
O Tesouro Nacional garantiu a redução média de 18% nas contas de luz dos consumidores residenciais e de 32% para as indústrias. Agora, o governo quer utilizar novamente os recursos do Tesouro para cobrir o impacto financeiro do custo adicional da energia das termelétricas, garantindo que essas despesas não cheguem às tarifas dos consumidores e à inflação.
Se o Tesouro absorver o custo das térmicas, os reajustes das tarifas das distribuidoras de energia e seu impacto na inflação seriam atenuados neste ano e, principalmente, em 2014. Além disso, o uso do Tesouro também anularia o comprometimento do fluxo de caixa das distribuidoras de energia, que pagam pela geração termelétrica e são ressarcidas apenas depois, na ocasião do reajuste anual tarifário.
A Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) estima que a conta pelo uso das térmicas de outubro passado a janeiro deste ano já totalizou cerca de 4 bilhões de reais – sendo 1,5 bilhão de reais apenas no mês passado.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário