Terrorismo nutricional e aversões alimentares

Muitas pessoas se submetem a restrições alimentares por pensarem ter algum tipo de alergia ou intolerância a determinados alimentos. Com a disseminação da informação sobre sintomas relacionados a esses quadros, algumas pessoas fazem restrições por conta própria, e criam certa aversão a alguns alimentos sem buscar informação de um profissional habilitado.
Nesses casos, um alergista/imunologista e gastroenterologista devem ser consultados para a confirmação do quadro. E quem irá planejar a dieta para atender às necessidades nutricionais dessas pessoas, será o nutricionista.

Apesar de ter aumentado o diagnóstico desses quadros, ainda temos pessoas que fazem restrição por achar que determinados alimentos fazem mal à saúde ou serão os causadores de alergias.
Isso acontece pelo que chamamos de terrorismo nutricional. É muito comum hoje vermos as pessoas buscando alimentos sem glúten e sem lactose por acharem que, com isso, terão algum benefício extra. Atualmente, a retirada de glúten e lactose tem sido altamente associada ao emagrecimento, pois informações distorcidas do que é publicado em periódicos científicos chegam às redes sociais de modo equivocado. Muitas vezes, alimentos e preparações mais calóricos são fontes de glúten e lactose, e as evidências acabam se confundindo com crenças. Apenas as pessoas intolerantes terão benefício com a exclusão de um determinado alimento ou nutriente da dieta.

Tem alguma dúvida sobre alimentação? Procure um nutricionista!

Fonte:

Deixe um comentário