Temer revoga decreto que colocou Forças Armadas nas ruas de Brasília

O presidente Michel Temer revogou nesta quinta-feira (25) o decreto que permitia a atuação das Forças Armadas nas ruas de Brasília até a próxima quarta-feira (31). A decisão foi tomada após o governo constatar o descontrole durante manifestações contra Temer e por eleições diretas para Presidência da República ontem (quarta, 24).

Na decisão, o presidente afirma que, “considerando a cessação dos atos de depredação e violência e o consequente restabelecimento da Lei e da Ordem no Distrito Federal, em especial na Esplanada dos Ministérios” decide retirar os militares das ruas.

Antes da decisão ser oficializada Temer esteve reunido com Jungmann e os ministros Sergio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência).

O decreto publicado nesta quinta-feira tem apenas dois artigos:

  • Art. 1º Fica revogado o Decreto de 24 de maio de 2017, que autoriza o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal;
  • Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Brasília, 25 de maio de 2017; 196º da Independência e 129º da República.

} else {

Deixe um comentário