Taxa de juros deve subir menos neste ano, avalia o mercado

Os analistas de mercado e investidores de cerca de 100 instituições consultadas semanalmente pelo Banco Central reduziram, pela segunda vez consecutiva, a previsão para a taxa básica de juros neste ano de 2014. O dado é do Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (10).

A expectativa do mercado quanto à Selic agora é de que a taxa deve chegar ao fim do ano em 11%, contra os 11,13% previstos na semana passada. Para 2015, a projeção é de 12%.

A previsão para o crescimento da economia neste ano também ficou um pouco menor. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no País, passou de 1,70% para 1,68%. Para 2015, a estimativa continua em 2%.

A projeção para a cotação do dólar caiu levemente, de R$ 2,49 para R$ 2,48 em 2014, e continuou em R$ 2,55 para o próximo ano.

A expectativa do mercado para o investimento estrangeiro direto (IED), que são recursos injetados no setor produtivo do País, se manteve em US$ 58 bilhões neste ano e em US$ 55 bilhões, em 2015.

A estimativa para o saldo negativo em transações correntes (compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil para o exterior) também foi mantida em US$ 75 bilhões em 2014 e em US$ 67,9 bilhões no próximo ano.

Já os cálculos para a expansão da produção industrial indicam queda de 1,80% para 1,57% neste ano – e de 3% para 2,95% em 2015. A previsão para o superávit comercial (saldo de exportações menos importações) também caiu – de US$ 7 bilhões para US$ 6,36 bilhões, em 2014. Mas se manteve em US$ 10 bilhões para o próximo ano.

O cálculo da inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), projeta uma alta de 6,01% em 2014, contra uma expectativa de 6% na semana passada. Para2015, aprojeção segue em 5,70%. Para o IPCA de fevereiro, foi mantida a estimativa de 0,63% de aumento.

Fonte:

Deixe um comentário