Tarifas abusivas em hotéis

O ministro do Turismo, Gastão Dias Vieira, assinou na manhã de ontem (1/2) um termo de cooperação com o representante da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Brasília (ABIH/DF) com a proposta de impedir tarifas abusivas nos hotéis do DF durante a Copa das Confederações. Representantes do setor das outras cidades-sede da Copa – Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador – também assinaram o termo.

A reunião foi marcada após a repercussão de um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), divulgado na terça-feira (29/1) sobre os preços dos hotéis durante o evento. No Distrito Federal o reajuste pode chegar a 79,1%, o mais alto do país. O termo garante que o governo vai trabalhar junto com os representes do setor para impedir que o consumidor seja lesado pelas altas taxas nas diárias dos hotéis das cidades-sede da Copa, diferente do que houve na Rio+20. 

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário