Suzane von Richthofen deixa presídio em saidão do Dia das Mães

A detenta Suzane von Richthofen, presa desde 2002 por mandar matar os pais, deixou na manhã desta sexta-feira (12), a penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP). O benefício é em razão do Dia das Mães, comemorado no domingo (14) e concedido a detentos de regime semiaberto que tenham bom comportamento.

De acordo com o Portal de notícia G1, Suzane deixou o local acompanhada de seu namorado, um empresário de 37 anos. Ela deverá retornar ao local na próxima quarta-feira (17).

Suzane deixa penitenciária na manhã desta sexta-feira (Foto: Camilla Motta/G1)

Assassinato
Em 2006, Suzane, Daniel Cravinhos, seu namorado na época e o irmão dele, Cristian Cravinhos, foram condenados pela morte dos pais dela, o engenheiro Maonfred e a psiquiatra Marísia. O crime ocorreu em 2002, enquanto o casal dormia, em São Paulo.

 

Deixe um comentário