Suspeito de atirar rojão em cinegrafista tem mandado de prisão decretado

Na noite desta segunda-feira, 10/02, foi expedido, pela justiça, o mandado de prisão para Caio Silva de Souza, suspeito de ter atirado o rojão em cinegrafista da TV Bandeirantes.

A polícia teve a ajuda do tatuador e estudante Fábio Raposo, coautor do crime, para identificar o suspeito. A dupla será indiciada por homicídio qualificado e poderá pegar mais de 35 anos de prisão.

A assessoria da Polícia Civil afirmou que as investigações para apurar a morte de Santiago Idílio Andrade estão se desenvolvendo “incansavelmente”.

Deixe um comentário