Suécia reconhece Chávez como líder carismático

O ministro das Relações Exteriores da Suécia, Carl Bildt, disse que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que morreu terça-feira, era “um líder carismático e forte”.
“No entanto sua política conduziu seu país à marginalização com graves consequências econômicas”, afirmou Bildt em mensagem no Twitter.
O chefe da diplomacia sueca ressaltou que a “Venezuela deve na recém iniciada era pós-Chávez conseguir claras e verossímeis regras democráticas”.
Fonte: Agência EFE
Sites e Blogs

Deixe um comentário