STJ a jato para Temer

Michel Temer voltou à prisão na quinta-feira (9), após decisão da 1ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). Tão logo se apresentou à Polícia Federal em São Paulo, o ex-presidente recorreu da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O processo chegou à Corte às 13h07 de quinta-feira. Às 15h01 foi sorteado como relator o ministro Antônio Saldanha Palheiros. Às 15h45 o caso já estava pronto para julgamento e foi pautado para a sessão de terça-feira (14) da Sexta Turma.

A celeridade impressionou. O recurso que reduziu a pena do ex-presidente Lula, por exemplo, estava pronto para julgamento desde dezembro do ano passado, mas só foi pautado em abril.

Deixe um comentário