STF considera ilegal desocupação da orla do Lago

Rollemberg na desocupação da orla do Lago. Foto: Júlio Pontes

O plenário do STF considerou ilegal o acordo assinado em março de 2015 entre o GDF, o Ministério Público local e o Tribunal de Justiça do DF para desocupação da orla do Paranoá. Foram derrubadas todas as edificações que estavam a menos de 30m da margem do lago, atingindo mais de 400 imóveis. A decisão do Supremo poderá trazer sérias dores de cabeça para o governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Associações de moradores o acusam de transformar a margem do reservatório em uma rua de serviço para tráfego de caminhões que abastecerão sofisticados bares e restaurantes a serem instalados ali. Estamos de olho…

Fonte:

Deixe um comentário