Sobradinho promove a 56ª Festa do Boi do Seu Teodoro

Nos próximos sábado (14) e domingo (15), acontece, em Sobradinho, a 56ª Festa da Morte do Boi de Seu Teodoro, com o ritual do Bumba Meu Boi, tradicional no Maranhão. No enredo, o boi brinca até fugir depois da meia-noite. No dia seguinte, por volta das 16h, os bailantes vão à procura do boi e o levam para o terreiro.

Com uma corda, o vaqueiro começa a tentar laçar o boi. Enquanto isso, os bailantes vão brincando, dançando e cantando as toadas. No momento em que o vaqueiro consegue laçar o boi, o bicho é levado e amarrado no pé do mourão para ser sacrificado, afinal, é a língua do boi que pai Francisco quer para satisfazer o desejo de sua Esposa Mãe Catirina, grávida.

É feita a reza no pé do mourão e, em seguida, no altar da Casa da Brincadeira, após o boi morrer, seu sangue é servido simbolicamente (vinho tinto suave). A Festa da Morte do Boi de Seu Teodoro reúne artistas da cultura popular, promovendo o intercâmbio local e, quando possível, até nacional.

Na Programação sempre tem a participação do Tambor de Crioula de Seu Teodoro, outra atividade Cultural criada em Sobradinho-DF pelo Mestre Teodoro Freire, falecido há 7 anos.

A festa se torna mais rica com a presença da comunidade, que tem acesso gratuito ao evento. É montada uma praça de alimentação com comidas típicas nordestinas e área de recreação Infantil, também de graça, para que os pais se divirtam.

Apesar de não ter apoio formal nem patrocínios, a festa anual é mantida por amigos e familiares do saudoso mestre Teodoro Freire, impulsionados pelo compromisso de manter vivo o seu legado.

Deixe um comentário