SINFOR empossa diretoria tendo à frente Ricardo Caldas

Nova gestão tem como uma das prioridades a concretização do Parque Tecnológico de Brasília
Carlos Freitas e Ricardo Caldas. Foto: Divulgação

O Sindicato das Indústrias da Informação do Distrito Federal (Sinfor-DF) vai mudar de cara nova. A nova diretoria foi empossada oficialmente, no dia 19/9, para a gestão 2019-2023. Mas a posse solene será realizada no dia 12 de novembro, no auditório da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF)

A nova diretoria tem, agora, a sua frente, o presidente Ricardo de Figueiredo Caldas; e, como primeiro vice-presidente, o empresário Carlos Freitas, da Central TI. São ao todo 39 dirigentes, entre vice-presidentes, diretores e conselheiros. E tem como uma das prioridades a concretização do Parque Tecnológico de Brasília – um projeto pelo qual Ricardo Caldas luta desde 2002.

A posse oficial foi realizada na Assembleia Geral do Sinfor e fechada ao público. A posse solene, por sua vez, será aberta ao público e ocorrerá durante a realização do evento Brasilia + TI.  Na posse de 19/9, Ricardo Caldas disse que, dentre as muitas realizações da Gestão 2015-2019, a diretoria modificou o Estatuto do sindicato, dotando-o de modernidade e limitando a uma única reeleição do presidente, o que permitirá renovação mais democrática no comando da entidade.

Na avaliação dele, essa modificação irá oportunizar a outras lideranças o exercício do comando da entidade. Para ele, o revezamento de pessoas na direção é uma “forma de contribuir cada vez mais com o fortalecimento das nossas instituições”. Caldas fez um balanço da gestão 2015-2019 e demonstrou a alta produtividade do Sinfor em vários tipos distintos de atendimentos.

O Sinfor representa mais de 700 empresas de diferentes níveis do setor de Tecnologia da Informação (TI), sendo um dos sindicatos filiados à Federação das Indústrias do DF (Fibra).O sindicato tem sido protagonista, nacionalmente, da defesa do setor de TI. Atende a centenas de empresas do DF em questões trabalhistas e em formação de pessoal, dentre outras iniciativas, incluindo aí gestões permanentes perante o Governo do Distrito Federal.

Deixe um comentário