Sarau em casa de poeta

 

Bate-papo debaixo do pequizeiro na Torre de TV nos finais de semana

Fotos: Divulgação

 

Poetas e poetisas, especialmente os que compõem o Celeiro Poético Brasiliense, estarão reunidos num sarau no próximo sábado (6), a partir das 17h, numa residência em Vicente Pires. O encontro poético será na casa do jornalista Marelson Bueno, no Condomínio Jardim das Acácias B, Rua 4, Chácara 26B, Lote 51.

Serão momentos para se ouvir poesias e participar de bate-papo. Haverá um coquetel, “tudo coisa simples”, de acordo com Marelson. “Apenas um sarau. Uma conversa aqui, outra ali. Mas críticas políticas, com certeza, haverá”, diz ele, para acentuar o caráter totalmente informal da reunião.

Celeiro

Marelson, que também é poeta, conta que a prosa é praticamente uma extensão do que já ocorre na Torre de TV entre os que escrevem poesia, nos finais de semana. A conversa e as declamações ocorrem debaixo de um pequizeiro próximo ao quiosque onde funciona o Celeiro Poético Brasiliense. Os encontros ali já acontecem há um ano.

No sábado, ele levará os colegas para sua própria casa. E também convida poetas e poetisas que ainda não fazem parte do grupo para comparecerem. O propósito é um final de tarde e noite regadas com boa conversa e coquetel. Mas o principal, claro, serão os poemas.

Presenças

Estarão presentes os poetas Ronaldo Mousinho (presidente do Celeiro Poético),  Adilson Cordeiro, Custódia, Ismar, Luiz Felipe, Pedro César, Mauro, Nem Valença, Noelia, Luh Veiga, e Ceiça. Marelson está convidando abertamente todos que gostam de poesias.

 d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário