Sala cirúrgica é incendiada após paciente liberar flatulência

_d64714
Sala cirúrgica meramente ilustrativa.

Uma mulher que estava sendo operada no Hospital Universitário de Tóquio (Japão) acabou provocando um acidente na sala de cirurgia. Segundo a imprensa local, a mulher, que fazia um procedimento no colo do útero com o uso de laser, liberou a flatulência o que ocasionou em queimaduras em várias partes do corpo da paciente. 

A investigação aponta que o “gás intestinal da paciente vazou no ambiente da operação e, houve contato com a irradiação do laser, o que provocou as chamas. As flamas atingiram as cortinas da sala cirúrgica, o que levou ao incêndio”. O relatório apontou, ainda, não ter havido flha no equipamento usado na cirurgia. O caso ocorreu em abril.

 

*Com informações da Agência Extra

 

var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Fonte:

Deixe um comentário