Saída de Ronaldinho pode gerar economia de até R$ 13 milhões ao Fluminense

ronaldinho-flu

O acordo firmado entre Fluminense e Ronaldinho, que culminou na saída do jogador das Laranjeiras, representou muito mais que parece. Com a decisão, o Tricolor economizará um bom dinheiro. Com salário de até R$ 800 mil, o ex-camisa 10 tinha contrato até o fim de 2016. Se continuasse no clube, ele poderia receber até R$ 13 milhões.

Isso ocorreria pelos meses que faltariam até dezembro de 2016, além de 13º e férias. Ronaldinho recebe R$ 400 mil fixos do Fluminense, mas o salário pode chegar aos R$ 800 mil por conta de diversas cláusulas. Nos únicos meses em que ficou nas Laranjeiras, por exemplo, o jogador conseguiu alcançar o vencimento máximo, o que representou um ganho de R$ 2 milhões – levou R$ 222 mil por cada uma das nove partidas pelo Tricolor.

“Não teve arrependimento. Conseguimos trazer o Ronaldo em um momento em que outros clubes o queriam. Chegamos num denominador comum. Acho que a palavra que fica do ponto de vista do torcedor é de frustração. E a nossa também. Queríamos ter visto o Ronaldo fazendo em campo aquilo que ele fez em outros lugares”, disse o vice de futebol do Fluminense Mário Bittencourt.

“Ele foi muito correto conosco desde o início. Ele e todo o staff dele. E nós também fomos muito corretos. Por isso, terminou dessa forma. Com um abraço, carinho enorme. Pode ter certeza que nós vamos manter a relação com ele para coisas no futuro”, completou o cartola do Tricolor, responsável pela contratação e rescisão com Ronaldinho.

A contratação de Ronaldinho Gaúcho não deu a Mário Bittencourt o retorno esperado. Pelo contrário. O camisa 10 seria a cereja do bolo para ver o time lutando pelo título, mas nada deu certo. O Tricolor caiu de produção, despencou na tabela e tenta se livrar do rebaixamento o mais rápido possível. O vice de futebol se viu enfraquecido com a aposta errada, embora a rescisão contratual com o craque tenha minimizado o estrago internamente. O jogador, por sua vez, pode até abandonar a carreira.

O Fluminense decide nesta quarta-feira, às 22h, uma vaga na semifinal da Copa do Brasil com o Grêmio. No primeiro jogo, as equipes empataram sem gols no Maracanã, caso o resultado se repita, a classificação será definida nos pênaltis. Os gaúchos precisam de qualquer triunfo para avançar, enquanto os cariocas se beneficiam de qualquer empate com gols.

GRÊMIO X FLUMINENSE

Data e hora: 30/09/2015, às 22h (horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio (Porto Alegre)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Marcio Eustaquio S. Santiago (MG)
Transmissão: Globo, Espn, SporTV e Fox Sports

GREMIO
Marcelo Grohe; Galhardo, Rafael Thyere, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Edinho, Giuliano, Douglas e Luan; Bobô (Pedro Rocha). Técnico: Roger

FLUMINENSE
Diego Cavalieri; Jean, Gum, Marlon e Léo Pelé; Pierre, Cicero, Gustavo Scarpa e Gerson; Marcos Junior e Fred. Técnico: Eduardo Baptista


Leia mais:


 

Fazenda bloqueia R$ 189 milhões de Neymar por sonegação


Ibra finda jejum, mas perde pênalti, e PSG derrota Guingamp


Procon autua responsáveis por ingressos entre Flamengo e Coritiba


 

 

Fonte:

Deixe um comentário