Rússia ataca EI em massa e coordena ações com França

A Rússia lançou nesta terça-feira um ataque em massa com bombardeiros estratégicos e mísseis de cruzeiro contra as posições do Estado Islâmico (EI) na Síria após o presidente russo, Vladimir Putin, reconhecer que a queda de um avião russo com turistas no Sinai foi causada por um atentado terrorista.

“Realizamos um ataque aéreo em massa contra alvos do EI no território da Síria. O número de missões aéreas dobrou”, disse Sergei Shoigu, ministro da Defesa, à imprensa local.
As operações contra o EI contaram pela primera vez com bombardeiros estratégicos Tu-160, Tu-95 e Tu-22, o que permitiu, segundo o ministro, realizar “ataques precisos e potentes em todo o território da Síria”.

Da mesma forma que a aviação francesa agiu ontem, após os atentados terroristas de sexta-feira em Paris, as aeronaves russas centraram suas operações em Al Raqqa, reduto sírio do EI.

Fonte:

Deixe um comentário