Rio inicia internação forçada de viciados em crack

Policiais e agentes da prefeitura recolhem usuários de crack na Zona Norte do Rio, no início do programa de internação compulsória de adultos

Policiais e agentes da prefeitura recolhem usuários de crack na Zona Norte do Rio, no início do programa de internação compulsória de adultos (Osvaldo Praddo/Ag.O Dia)
A Prefeitura do Rio deu início nesta terça-feira à internação compulsória de adultos viciados em crack com uma megaoperação na cracolândia localizada às margens da Avenida Brasil, uma das principais vias expressas da cidade, na altura da Favela Parque União, no Complexo da Maré, zona norte. A medida havia sido anunciada em outubro de 2012 pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB), e ainda divide opiniões em relação à sua constitucionalidade.
Dezenas de viciados, entre eles crianças e mulheres grávidas, foram acolhidos e levados a um abrigo da Prefeitura em Paciência, zona oeste, onde estão sendo avaliados por equipes da Secretaria de Saúde. A entrada da Favela Parque União tornou-se a maior cracolândia da cidade após a pacificação da Favela do Jacarezinho, também na zona norte.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário