Reta final

 

Na quarta-feira (6), três equipes se aproximaram do maior objetivo dos times brasileiros: uma vaga na Copa Libertadores das Américas. Flamengo, Atlético (PR) e São Paulo avançaram nas duas competições que dão ao campeão o direito de disputar o principal torneio do continente. O rubro-negro carioca eliminou o Goiás, enquanto o paranaense segurou o empate diante do Grêmio. Eles farão a final da Copa do Brasil. Da mesma forma, o tricolor paulista, embora com muitas dificuldades, manteve o 0 a 0 contra os colombianos do Atlético Nacional, em Medellín, e vai à semifinal da Copa Sulamericana.

O São Paulo aguarda a definição dos outros semifinalistas para conhecer seu próximo adversário. O Lanús, da Argentina, já está classificado, mas só pega o tricolor do Morumbi se ambos chegarem à final. O Libertad, do Paraguai, venceu o primeiro confronto contra o Itaguí, da Colômbia, por 2 a 0, e pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta.

Mas o jogo-chave é Vélez Sarsfield x Ponte Preta, que ficaram no 0 a 0 no jogo de ida, em Campinas. Isso porque o regulamento da competição obriga o cruzamento entre equipes do mesmo país na semi. Sendo assim, caso a Ponte se classifique, um clássico paulista definirá o representante brasileiro na grande final. Se der Vélez, o clássico local será argentino, e o São Paulo enfrentará o vencedor entre Libertad e Itaguí, com boa vantagem para os paraguaios.

O São Paulo defende o título da Sulamericana e, assim como o Flamengo na Copa do Brasil,aposta todas as suas fichas no torneio, pois suas chances de chegar à Libertadores através do Campeonato Brasileiro são remotas, apesar da arrancada do clube nas últimas rodadas.

A ascensão do tricolor paulista, que chegou a estar seriamente ameaçado de rebaixamento no brasileirão, se deu a partir da chegada de Muricy Ramalho ao Morumbi, passando ainda pelas grandes atuações de alguns jogadores, como o centroavante Aloísio – o Boi Bandido – e, principalmente, o meia Paulo Henrique Ganso, que já vem sendo observado por Felipão e pode ganhar nova chance na seleção.

Os rivais de Belo Horizonte são as únicas equipes garantidas na Libertadores de 2014, o Atlético (MG) como atual campeão e o Cruzeiro como virtual campeão brasileiro. São Paulo, Flamengo, Ponte Preta, Grêmio, Botafogo e Goiás estão na briga, mas a situação mais tranquila é a do Atlético (PR), finalista da Copa do Brasil e segundo colocado na série A. O Furacão fez bela campanha na última Libertadores que disputou, em 2005, perdendo apenas para o São Paulo, na final.

O final de ano promete muitas emoções para o futebol brasileiro, com destaque para o Galo, que vai ao Marrocos disputar o mundial de clubes, em dezembro, que tem como favorito o poderoso Bayern de Munique, da Alemanha, o campeão europeu.

Deixe um comentário