Restituição do imposto antecipada

Os contribuintes que já prestaram contas à Receita Federal e estão precisando de dinheiro extra podem antecipar as restituições do Imposto de Renda. Os bancos abriram linhas de crédito com essa finalidade, dispostas a liberar valores correspondentes a até 100% do total a ser devolvido pelo Fisco. Os juros vão de 1,89% a 2,99% ao mês. Mas, na avaliação dos especialistas, o endividamento só é recomendável para aqueles que realmente estão necessitando, devido a uma emergência, ou estão atolados no cheque especial e no cartão de crédito, que cobram juros médios de 10% ao mês.

No Banco do Brasil e no Itaú Unibanco, as linhas para a antecipação da restituição do IR estão disponíveis desde a última sexta-feira. Já o Bradesco e o HSBC passam a oferecer a modalidade de financiamento a partir de hoje. Em todas as instituições, é necessário ser correntista e o banco deve ter sido indicado à Receita na declaração. Há limites para o financiamento na maior parte do sistema. O teto é de R$ 20 mil.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário