Relatório da OCDE põe Saúde do Brasil na lanterna

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) publicou um relatório sobre saúde com indicadores de 44 países. Os dados mostram que o Brasil está classificado entre as últimas posições quando se trata de gasto em Saúde. O documento indica mortalidade infantil no Brasil, em 2018, foi a quinta maior.

O levantamento indica que, quando se trata de gastos em saúde per capita, o Brasil está em 37º lugar. E mostra que, em 2018, o investimento em saúde no País ficou em US$ 1.282. O valor médio nos países da OCDE foi de US$ 4 mil. Os EUA investe mais de US$ 10 mil por habitante e, a Índia, país como o Brasil mergulhada nas políticas neoliberais, investiu apenas US$ 209.

O estudo mostra ainda que se a medida é o percentual do PIB investido em saúde, o Brasil ocupa o 14º lugar, ladeado pela Austrália e à frente da Itália, Espanha e até da Finlândia. Mas esse número é por causa de uma série de fatores, um deles é o fato de a média dos investimentos dos países da OCDE ser 8,8% do PIB em saúde.

Deixe um comentário