Regularização da Feira dos Goianos está próxima

Representantes do Polo de Confecções de Taguatinga (Feira dos Goianos) reuniram-se com o administrador da cidade, Carlos Jales, na terça-feira (21), para discutir as normas de segurança recomendadas pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. Além disso, os comerciantes debateram as possibilidades de investimento em infraestrutura para melhorar as atividades do comércio no local.

Para a obtenção do alvará de funcionamento, os proprietários dos galpões terão um prazo de dez dias para adaptar o espaço em conformidade com as normas de segurança recomendadas pelos órgãos de fiscalização. Cada galpão deverá conter hidrantes, extintores de incêndio, saídas e sinalizações de emergência, e aqueles com mais de cinco mil metros quadrados devem conter, também, dispositivo anti-incêndio comercial, conhecido como “sprinkler”.

De acordo com o administrador de Taguatinga, Carlos Jales, quem descumprir a norma receberá multa e poderá ter o box interditado. “Tem muita coisa ilegal que precisa ser regularizada com urgência. É preciso que os comerciantes se regularizem na Administração e passem a pagar seus impostos. Não vamos fazer vistas grossas para nenhum caso”, enfatizou.

Segundo o presidente da Feira dos goianos, Cícero Zélio Alves, a entidade continuará a luta para que todos os lojistas sejam legalizados. Entretanto, o diretor de Serviços da Coordenadoria de Cidades, Passen Assad, afirma que a fiscalização contra o comércio irregular em torno da Feira dos Goianos será intensificada.

Deixe um comentário