Racionamento o ano inteiro

A recuperação do nível do reservatório do Descoberto, que chegou a 40% no final de semana passado, não acena para o fim do racionamento d’água no Distrito Federal.  Numa previsão realista, o percentual atingirá 50% em abril. Mesmo que, excepcionalmente, a situação atinja o que a Agência Reguladora das Águas do Distrito Federal (Adasa) classifica como otimista, ou seja, 70% no final de maio, continuará havendo a suspensão do fornecimento um dia por semana.

Entre os vários cenários traçados pela Adasa, nenhum indica a normalização. O nível do Descoberto ― que abastece 52% do DF ― tem crescido progressivamente desde 20 de novembro. No dia 20 deste mês, ficou em 40%, tirando a barragem, tecnicamente, da condição de alerta. Mas o estado de atenção vai de 40% a 59,99%, quando passa a ser normal. Mas, para a Adasa, mesmo que o reservatório chegue ao volume “otimista” em três meses, não há indicação de fim do racionamento.

No caso do reservatório de Santa Maria ― que abastece a área central e algumas regiões nobres de Brasília ― o volume tem oscilado entre 30% e 33% desde 1º de janeiro. Ou seja, ainda em estado de alerta, como no sábado (20).

Fonte:

Deixe um comentário