Quase 10 mil opinam sobre futuro administrador de Taguatinga

Jucelino, Kadesh e Ravena lideram em Taguatinga

A enquete sobre o próximo administrador de Taguatinga, que ficou no ar durante nove dias, registrou 9.750 votos. Os três mais votados foram Jucelino Carvalho (2.972 votos), Eliseu Kadesh (2.698 votos) e José Luiz Ravena (764 votos).

Jucelino Carvalho obteve 2.972 Votos
Eliseu Kadesh chegou a 2.698 votos
José Luiz Lopes teve 764 votos
navigate_before
navigate_next

Jucelino Carvalho é diretor da Regional de Ensino de Taguatinga. Caso venha a ser administrador, pretende deixar a cidade sempre limpa e levar a educação para o âmbito da Administração. “Falta o carinho que aumenta a autoestima da população”, aponta. Sonha com a volta de festivais e atrações culturais, como a antiga festa da Facita. Conta com o apoio do distrital reeleito Reginaldo Veras (PDT).

Eliseu Kadesh é diretor do Colégio Kadima. Lançou-se pré-candidato ao GDF e acabou como segundo suplente do candidato ao Senado Juiz Everardo (PMN), mas renunciou. Para Kadesh, não basta ser “amigo da galera” para pleitear o cargo, referindo-se aos líderes comunitários. “Me preparei para um cargo no Executivo, que seria o Governo. Estou apto a assumir a Administração Regional”.

José Luiz Lopes passou a ser reconhecido como líder comunitário, inclusive em sessão solene na Câmara dos Deputados, após coordenar o grupo Defensores de Taguatinga e comprar brigas em defesa da cidade. “Não tem ninguém melhor do que eu para o cargo”. Papiloscopista aposentado da Polícia Civil, ajudou na campanha do deputado Laerte Bessa (PR) e tem o apoio do empresário Paulo Octavio (PP).

 

 

 

Fonte:

2 Responses

  1. Esse Jucelino Carvalho está pressionando os professores, ele e petista, se tiramos o PT do poder, porque haveriamos de ter um petista administrando Taguatinga? Não vejo razao para isdo.

  2. KAROLYNE GUIMARÃES, tem tido a administração mais humana e participativa dos últimos tempos, Eficiente, dinâmica e sem arroubos de Ostentação. Por que mudar??? Temos comprovação do que dizemos!

Deixe um comentário