Qual é a melhor dieta?

Tenho refletido sobre essa pergunta, a qual ouço com certa frequência: com tanta informação disponível sobre alimentação, nutrição, emagrecimento, estética, performance, afinal, qual é a melhor dieta?

A palavra dieta vem do grego e significa “maneira de viver”. Seu conceito e utilização têm mudado muito ao longo dos anos. Dieta, para a maioria das pessoas, está associada à restrição de alimentos ou nutrientes, devido à disseminação dessa associação. Mas eu ainda prefiro o significado original da palavra, relacionado a estilo de vida, escolhas alimentares e comportamento alimentar.

As dietas da moda no último século estiveram muito presentes na nossa sociedade, talvez associadas ao capitalismo, pois enxergo a forma como elas aparecem sempre com algum intuito comercial, seja de um profissional, de um livro, de um programa de emagrecimento etc.

Tenho até pena de chamar algumas “dietas” como “da moda”, pois, na verdade, são comportamentos ou padrões alimentares descritos por pesquisadores como parte de uma cultura alimentar, como o caso do padrão alimentar dos povos do mediterrâneo ou da era paleolítica. E o ser humano tem a capacidade de distorcer tudo e comercializar isso como produto.

Não acho um problema a gente seguir um padrão alimentar por considerá-lo mais adequado. Aliás, acho isso excelente. Passo por isso diariamente na minha vida pessoal, com meus alunos e pacientes. Porém, a deturpação das informações e a forma como elas chegam à massa da população é que considero, por vezes, danosa.

Então, para concluir o raciocínio, a melhor dieta é aquela que te faz feliz. E felicidade tem, sim, a ver com estar saudável, fisicamente ativo, mente ativa, mas também com gostar da sua forma de viver.

Por isso, a melhor dieta é aquela pensada e elaborada para você.document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Deixe um comentário