Putin e Trump aprovam conversa telefônica

Putin. Foto: Sputnik/divulgação

Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e Vladimir Putin, da Rússia, se pronunciaram de forma positiva em relação à primeira conversa oficial. Durante o contato telefônico, no sábado (28), os líderes discutiram questões internacionais em uma atmosfera “positiva e de negócios” e concordaram em manter contato, declarou a assessoria de imprensa do Kremlin.

“A ligação positiva foi um começo significativo para melhorar a relação entre os Estados Unidos e a Rússia que precisa ser restaurada”, disse a Casa Branca em um comunicado sobre os resultados da conversa.

Os dois líderes discutiram em detalhes “problemas internacionais urgentes”, incluindo a situação do Oriente Médio, o conflito árabe-israelense, a estabilidade estratégica e a não proliferação (de armas atômicas), a situação em torno do programa nuclear iraniano e da península coreana, segundo informações do Kremlin.

“Os principais aspectos da crise ucraniana também foram abordados, e foi decidido estabelecer cooperação nessa e em outras áreas”, diz ao comunicado do governo. Ainda durante o contato, Putin e Trump deram ênfase especial à luta contra o terrorismo. “Os presidentes falaram em favor da criação de uma verdadeira coordenação das ações russa e americana com o objetivo de derrotar o Estado Islâmico e outros grupos terroristas na Síria”, continua a nota do Kremlin.

Segundo Aleksei Puchkov, membro da comissão de defesa e segurança do Conselho da Federação (Senado russo), a coordenação nos esforços antiterrorismo “representa uma mudança qualitativa” nas relações bilaterais. O primeiro vice-presidente da comissão, Frants Klintsevitch, acrescentou ainda que o Estado Islâmico está “literalmente com os dias contatos se Moscou e Washington unirem forças”.

 

}

Fonte:

Deixe um comentário