PT entra com ação contra três jornais

O Partido dos Trabalhadores (PT) entrou com um pedido de liminar no Tribunal Superior Eleitoral contra os jornais Folha de S. Paulo, Portal Uol e o SBT por terem excluído o ex-presidente Lula e a legenda das sabatinas eleitorais. Na representação, assinada pela senadora Gleisi Hoffmann, o PT denuncia a quebra da isonomia por parte dos veículos e, frente à ilegalidade, a configuração de campanha antecipada. Segundo o partido, a Folha de S. Paulo anunciou que os seis primeiros colocados nas pesquisas eleitorais seriam convidados, mas substituiu Lula pelo senador Álvaro Dias (Podemos), sétimo colocado nas pesquisas.

O documento pede, ainda, o cancelamento das sabatinas e a imposição de multa de até R$ 25 mil por campanha antecipada.

De acordo com o PT, “Lula além de ser o primeiro colocado em todas as pesquisas eleitorais, o PT possui uma proposta programática para o país e, exclui-lo dos debates eleitorais, é cercear também o direito dos eleitores terem pleno conhecimento das propostas do partido e do candidato preferido da população”.

O ex-presidente Lula está preso desde 7 de abril, e cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso sobre o tríplex no Guarujá (SP), no âmbito da operação Lava Jato.

Deixe um comentário