Próximo presidente do Metrô-DF aposta em parcerias para expansão

Em sintonia com o governador eleito Ibaneis Rocha, o novo presidente do Metrô-DF, Handerson Cabral Ribeiro, avalia a situação atual buscando oferecer um serviço de qualidade em consonância com as necessidades dos brasilienses.

Dentre as possibilidades está a concessão para Parceria Público-Privada (PPP). Um dos objetivos é a redução de gastos e otimização dos recursos já que a expansão da malha e a integração com outras modalidades de transporte foram promessas de campanha de Ibaneis.

Handerson Ribeiro em coletiva na tarde de sexta-feira (28/12)

Ribeiro foi nomeado na quinta feira (27/12) e ainda não se reuniu com os gestores que estão saindo com a mudança de governo e que não tem todas as informações, mas sinalizou que as equipes vão conversar a partir da próima semana, para que os serviços não sofram solução de continuidade. Outra questão que está na pauta é a análise da força de trabalho e como ela está distribuída nas equipes. “Essa avaliação só será possível quando estivermos efetivamente atuando”, destacou. O sindicato está preocupado com a possível dispensa dos trabalhadores.

Ele que está estudando todos os relatórios que tem recebido, contou ao Brasília Capital que mora em Águas Claras e usa o metrô bem como sua família. Aproveitamos então para perguntar o que o usuário Handerson poderia sugerir para o novo presidente. Sorrindo ele respondeu:

“Como usuário a sugestão que eu tenho para o novo gestor é que precisa manter um sistema seguro, eficiente, ter a confiabilidade do horario de circulação dos trens porque isso é importante para todos nós, ocar muito na qualidade dos servviços do metrô, porque o cidadão que usa o sistema do metrô, que usa o sistema de transporte público, merece todo o respeito, toda a dignidade nesse transporte que é responsabilidade do governo prover. Então essas seriam as sugestões que eu, como usuário, colocaria como sugestões para a futura gestão do Metrô.”

Handerson Cabral Ribeiro é engenheiro civil e estava no comanda da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.

Deixe um comentário