Projeto de lei propõe limitar prêmio da Mega-Sena

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados vai debater nesta quinta-feira (5), o Projeto de Lei 2981/2019, que propõe um limite para o prêmio da Mega-Sena de 30 milhões de vezes o valor da aposta simples. Dessa forma, quando o valor da aposta subir, o prêmio automaticamente sobe.

De acordo com a proposta, quando não houver ganhadores da Mega-Sena, os prêmios vão acumular até alcançar o limites estabelecidos. Hoje, o custo mínimo é de R$ 4,50, ou seja, o valor pago será de no máximo R$ 135 milhões. O que exceder esse valor deverá ser distribuído para os ganhadores da Quina.

O projeto é de autoria do deputado Chiquinho Brazão (Avante). Ele afirma que o objetivo é distribuir melhor os prêmios da Mega-Sena.

“Não estamos dando um teto para o prêmio. O limite vai variar de acordo com o valor da aposta de seis números. A ideia é fazer o dinheiro circular mais na economia e distribuir renda. Com um prêmio muito alto, a renda fica concentrada. Isso vai estimular as pessoas a apostar mais”, avalia o deputado.

Deixe um comentário