Precisamos suplementar vitamina D?

Estamos nos aproximando do verão, e nessa época do ano sofremos maior exposição ao sol. Os raios ultravioletas B (UVB) são os principais responsáveis pela nossa produção de vitamina D. Apesar de estarmos num país tropical, e termos grande exposição solar durante a maior parte do ano, incrivelmente, nossa população apresenta-se quase por completo com níveis insuficientes de vitamina D circulante. Por que isso acontece?

Os níveis séricos ideais de vitamina D devem ser superiores a 30 ng/mL. Entre 30 a e 20 ng/mL consideramos um nível insuficiente e abaixo de 20 ng/mL, deficiente. Uma das explicações mais prováveis para os baixos níveis dessa vitamina na nossa população é que temos usado mais filtro solar (o que, de certa forma, é bom). Afinal, os raios UVA são os responsáveis pelo envelhecimento cutâneo e consequentemente por maior risco de câncer de pele. Além disso, a dieta padrão do brasileiro não contém boas fontes de vitamina D.

A vitamina D, tem uma função hormonal no nosso corpo, e atua tanto na saúde dos ossos, como na saúde cardiovascular, e protege nossas células de mutações, além de manter nosso metabolismo mais ativo e nossos músculos mais responsivos aos exercícios. Temos muitos motivos para querer manter os níveis adequados de vitamina D. Uma das formas para isso é por meio da suplementação. Cada indivíduo precisará de uma quantidade específica, e depende muito da exposição solar de cada um, da cor da pele, da dieta.

Portanto, se você precisa de uma orientação quanto a isso, procure um nutricionista ou um médico. Suplementação por conta própria pode trazer riscos à saúde!

}

Fonte:

Deixe um comentário