População do Itapoã aquece a economia local

A população do Itapoã prefere consumir produtos e serviços na própria cidade. APesquisa Distrital de Amostra por Domicílio 2013 (PDAD), divulgada hoje pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), aponta que cerca de 60,11% dos moradores compram no comércio local.

 

“O Itapoã é enquadrado como região de baixa renda, mas, como detectamos em outras regiões administrativas, houve uma evolução muito grande na renda das famílias. E essa elevação foi direcionada sobretudo para o consumo”, afirmou o presidente da Codeplan, Júlio Miragaya.

 

Do total de compras feitas no próprio Itapoã, 50% são relativas a alimentação, vestuários, calçados, eletrodomésticos e serviços pessoais. Com relação à posse de bens de consumo, 49,01% dos moradores possuem automóvel e 43,36%, bicicleta, segundo veículo mais utilizado pela população.

 

Quanto à análise econômica, a renda domiciliar média é de R$ 2.696,91, o equivalente a 3,98 salários mínimos. A renda per capita é de R$ 750,77, e a predominância de domicílios com renda entre 2 a 5 salários mínimos mensais é de 45,10%.

 

Dos moradores que têm alguma ocupação, 79,27% trabalham no setor terciário -25,22% estão no comércio, 15,4% nos serviços pessoais, 12,67% na atividade doméstica, 11,25% nos serviços gerais, entre outras atividades econômicas. Já a Construção Civil responde por 19,31%.

 

Os dados mostram ainda que apenas 6,9% dos chefes de domicílio, de um total de 16.371 residências, estão desempregados e 4,41% são analfabetos. Eles se concentram na faixa de 36 a 45 anos, com 33,92%, seguidos pelo grupo com idade 26 a 35 anos, 23,01%.

 

Além disso, do total da população que utiliza serviços de saúde, 50,85% usam os postos da própria região e 46,28%, do Paranoá. O atendimento hospitalar é predominantemente nessa última região administrativa, com 95,77%.

 

A população foi estimada em 60.324 habitantes em 2013, com 77,5% declarados da cor preta ou parda. Desses, 26,76% são crianças de 0 a 14 anos, e 5,40%, idosos.

 

SERVIÇOS PÚBLICOS – No Itapoã, os serviços essenciais como abastecimento de água, energia elétrica e coleta de lixo atendem praticamente 100% da população.

 

“Regiões como Itapoã, que estavam à margem do processo de desenvolvimento do DF, nos últimos anos têm melhorado muito a condição de vida dos seus moradores”, destacou o presidente da Codeplan.

 

O abastecimento de água abrange 96,70% dos domicílios. Cerca de 2% utilizam poço artesiano. O fornecimento de energia elétrica chega a 99,94% das residências. Já o esgotamento sanitário e a coleta de lixo atendem 99,47% das moradias da região.

 

Fonte:

Deixe um comentário