Polícia investiga morte de bebê em hospital; secretaria nega erro médico

A 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) está investigando a morte de um bebê no Hospital Materno Infantil (Hmib). O recém-nascido, que tinha cinco dias de vida, foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Recanto das Emas, antes de ser transferido para o hospital.


A Secretaria de Saúde do Distrito Federal nega que um erro médico tenha ocasionado a morte. Segundo o órgão, a criança deu entrada na UPA por volta da 1h40 desta terça-feira (5/3). Ela estaria “chorosa e hopoglicêmica”, e foi atendida por uma pediatra que teria estabilizando a situação. No entanto, quando o bebê chorava, apresentava problemas de oxigenação e extremidades arroxeadas.

Às 4h40, o bebê deu entrada no Hmib, conforme informado em nota pela secretaria. A criança estava em estado grave e sofreu uma parada cardíaca. Os médicos tentaram reanimá-la por uma hora, mas a paciente não resistiu.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe um comentário