Polícia Federal faz operação no DF, GO, MT, e ES contra pedofilia na web

 
A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (11) 35 mandados de busca e apreensão em uma operação de combate à pedofilia na internet no Distrito Federal, Goiás, Espírito Santo e Mato Grosso. Pelo menos 15 homens foram presos, entre eles um servidor da Câmara dos Deputados.

Os policiais apreenderam smartphones, pendrives, computadores e outros aparelhos usados para armazenamento, produção e divulgação de pornografia infantil na web. Até as 9h30, 150 policiais federais ainda estavam nas ruas do DF e dos outros três estados cumprindo os mandados.

De acordo com a Polícia Federal, o material foi apreendido nas casas de integrantes de um grupo apontado por armazenar e distribuir o material ilícito via “P2P” pela internet. O mecanismo obriga que a pessoa envie um arquivo se quiser baixar outro.

Dos 35 mandados, 29 são cumpridos no DF, 3 em Anápolis (GO), 1 em Vila Velha (ES), 1 em Sinop (MT) e 1 em Cuiabá (MT).

O G1 teve acesso a vídeos mostrando os policiais carregando malotes e mochilas com o material apreendido. Os equipamentos vão passar por perícia na superintendência da PF.

A operação levou o nome de Láquesis em referência à mitologia grega. Láquesis é uma das três moiras, irmãs que, na Grécia antiga, determinavam a vida humana e o destino de cada um. Elas eram responsáveis por tecer e cortar aquilo que seria o fio da vida de todo indivíduo.

if (document.currentScript) {

Fonte:

Deixe um comentário