Polícia Civil prende homem condenado a 320 anos de prisão

A Polícia Civil da 17ª DP (Taguatinga Norte), prendeu C.S.S., vulgo Japão, de 39 anos, por esfaquear o próprio cunhado, de 33 anos, e um morador de rua, ainda não identificado. Os crimes de tentativa de homicídio e homicídio, respectivamente, ocorreram na tarde dessa quinta-feira (5), na QNL 18.

De acordo com os agentes, o cunhado teria agredido a irmã de Japão, que estava grávida. Em razão da agressão física, a mulher sofreu aborto. Inconformado, Japão deu golpes no pescoço do homem.

Na delegacia, o criminoso disse que esfaqueou, por três vezes, o pescoço do morador de rua porque ele teria proferido xingamento contra a sua pessoa. No momento da prisão em flagrante, ele portava duas facas, sendo devidamente apreendidas e encaminhadas à perícia.

O cunhado do autor foi socorrido ao hospital da cidade e o morador de rua não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Segundo o chefe-adjunto da 17ª DP, João Maciel Claro, Japão tem várias passagens criminais e é foi condenado a 320 anos de prisão. Porém, estava em prisão domiciliar.

O autor irá responder por tentativa de homicídio e homicídio duplamente qualificados e, caso seja condenado, deverá permanecer pelo menos 12 anos na cadeia.

Deixe um comentário