Piquet tira onda com Mansell e ironiza comparação com Senna

Continua rendendo bem a campanha protagonizada por Nelson Piquet e Nigel Mansell que a Ford do Brasil bolou para promover seu novo Ford Fusion. O reencontro entre os dois não gerou apenas uma série imperdível de vídeos para os fãs da velocidade, mas também uma entrevista valiosa que a dupla concedeu junta essa semana ao programa Linha de Chegada, do canal SporTV.

Piquet continua sendo… Piquet! Dois momentos da entrevista foram especialmente curiosos. O primeiro: perguntado sobre o melhor momento do ano do tri, em 1987, Piquet não titubeou: “Foi quando ele (Mansell) bateu”. O pobre inglês, sentado ao lado, manteve o bom humor: “Esse é o lado mais legal da honestidade de Nelson…”. Mas a verdade é que Mansell não guarda mesmo nenhuma boa lembrança do acidente nos treinos para o GP do Japão – uma pancada que o tirou das últimas duas corridas do ano, entregou de bandeja o título para o rival brasileiro e o deixou sem os movimentos das pernas durante seis semanas!

Além disso, Piquet também ironizou uma comparação com o também tricampeão mundial Ayrton Senna. Qual dos dois foi o melhor? A resposta de Piquet: “Eu estou vivo!”. Pode parecer insensatez, mas o velho estilo de Piquet é assim mesmo…

Fonte: Esporte intererativo

Deixe um comentário