PF combate crimes em fundos de investimentos

Policiais federais cumprem hoje (19) nove mandados de busca e apreensão em endereços de Porto Alegre e do Rio de Janeiro. As ações fazem parte da Operação Gatekeepers, que investiga crime contra o sistema financeiro nacional. Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal de Porto Alegre.

Os agentes também apreenderam, na capital gaúcha, três veículos de propriedade dos suspeitos e a Justiça terminou ainda o bloqueio de ativos em nome de 20 pessoas físicas e jurídicas. De acordo com nota divulgada pela Polícia Federal (PF), o trabalho de investigação para desmantelar o esquema criminoso começou em 2013, quando foram identificados aportes financeiros feitos por um fundo de previdência privada do Rio Grande do Sul em um fundo de investimentos.

No entanto, segundo as investigações, esse fundo aplicava os recursos em empresas de construção civil sem que houvesse a execução de obras públicas.

“No decorrer da investigação, identificaram-se ligações do grupo com obras de revitalização urbana em Porto Alegre. São investigadas possíveis movimentações de recursos para pessoas ligadas à administração, inclusive com a aquisição de bens de alto valor, como veículos de luxo”, diz nota da PF.

A expressão Gatekeeper, que significa porteiro ou guardião, é utilizada no mercado financeiro para designar “pessoas ou instituições de credibilidade que atuam em processos de análise de conformidade, verificação e certificação”, explica a PF.

Fonte:

Deixe um comentário