PF apura suspeita de terrorismo em Brasília

terrorismoNa sexta-feira (24) homens do Grupo Antibomba da Polícia Federal vasculharam um apartamento na Asa Norte. O imóvel pertence a um advogado que atua em defesa das comunidades muçulmanas no Brasil e à sua mulher, uma iraniana. A ação apura suspeitas de terrorismo. Em função da natureza da operação, a Superintendência da PF no Distrito Federal explicou que ainda não é possível confirmar detalhes. Documentos foram apreendidos e encaminhados à inteligência da Polícia Federal.

Há um mês, órgãos de inteligência do governo elaboraram relatórios apontando tentativas de o Estado Islâmico cooptar brasileiros – e alertando o governo para a necessidade de uma lei específica para combater terroristas. O alerta é, principalmente, para as Olimpíadas de 2016.

A legislação brasileira não contém um item específico que tipifique atos de terrorismo. Um projeto de lei sobre o tema está em tramitação no Congresso, mas sem data para ser votado.

 

Leia mais

Dólar fecha abaixo de R$ 3 pela 1ª vez desde o início de março

Após balanço, ação ordinária da Petrobrás tem alta e preferencial fecha em queda

 

Fonte: ,

Deixe um comentário