Pelaí: Os bastidores da política no DF

Quem dá bola é Ibaneis

Ibaneis Rocha. Foto: Júlio Pontes

O governador Ibaneis Rocha retomou, terça-feira (19), a autonomia para definir o que pode funcionar durante a pandemia no DF.  A decisão do juiz federal Roberto Carlos de Oliveira, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, atendeu ao pedido de recurso de Ibaneis para que o Judiciário reavaliasse o plano estabelecido na sexta-feira (15) pela juíza Kátia Balbino de Carvalho.

Reabertura – Em edição extra do Diário Oficial do DF, sábado (16), Ibaneis autorizou a reabertura de lojas de calçados, roupas, serviços de corte e costura e lojas de extintores. Os shoppings não estão incluídos na medida. Ele prevê o retorno das aulas nas escolas públicas e particulares só para agosto.

Inconstitucional

A Câmara Federal aprovou projeto das deputadas Flávia Arruda (PL) e Celina Leão (PP) para regularizar a Colônia Agrícola 26 de Setembro, situado na área 2 da Floresta Nacional (Flona). No Senado, não soou tão bem. Mesmo favorável à regularização, Izalci Lucas (PSDB) aconselhou: “É inconstitucional”.

Gafe na internet 1

Tão logo assumiu a Secretaria de Esportes, Celina Leão se reuniu com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e publicou uma foto nas redes sociais com a legenda “reunião com o ministro da Saúde”, em plena polêmica de liberação da cloroquina. Dez minutos depois ela corrigiu.

Gafe na internet 2

Dilma Roussef participava de live com Manuela d’Ávila (PCdoB-RS). O assunto estava tão bom, que a ex-presidente não percebeu que aplicou um filtro na imagem do Instagram. Há um mês, ela iniciou, sem querer, uma live e viralizou ao chamar a filha para encerrar a transmissão.

Plano de saúde

A Câmara Legislativa decidiu, sem nenhum voto contrário, aumentar o alcance do seu plano de saúde para ex-deputados e ex-comissionados. O objetivo, segundo o vice-presidente da Casa, Rodrigo Delmasso (Republicanos), é diminuir o prejuízo que o Fascal causa nas contas.

Vira casaca – Diante da polêmica, Júlia Lucy (Novo) enviou nota à TV Globo,e dizendo que mudaria o voto. Leandro Grass, Reginaldo Veras, Chico Vigilante, Arlete Sampaio, Fábio Félix e João Cardoso se abstiveram.

Policiais penais

Após a primeira morte de um policial penal, o secretário de Segurança, Anderson Torres, anunciou que esses profissionais poderão se hospedar em hotéis pagos pelo governo para evitar contaminar seus familiares.

EPI – O deputado distrital Reginaldo Sardinha (Avante), que já trabalhou em presídios, agradeceu ao secretário pelo empenho das emendas parlamentares que para compra dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para a categoria, que já registrou 203 infectados.

Voto a R$ 600

Pesquisa sobre o governo Bolsonaro, feita pelo PT, mostrou que a aprovação do presidente caiu na classe média. Mas, subiu entre os mais pobres. Motivo? O pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. Com os dados, Paulo Guedes, que terá de se virar para estender o benefício e, assim, tirar votos de Lula.

2022 já começou – A proposta do ministro da Economia para aliar o ajuste fiscal ao interesse eleitoral de Bolsonaro é parcelar o que seria a quarta parcela. Ou seja, nos próximos três meses, os desvalidos poderão receber R$ 200. O Bolsa Família também será fortalecido.

UTI para Covid-19

A Secretaria de Saúde ampliou de 232 para 252 o número de UTI exclusivas para pacientes de covid-19, com a abertura de 20 novos leitos no Hospital de Base. Com isso, a taxa de ocupação está em torno dos 40% no DF: 97 UTI ocupadas e 155 disponíveis.

Na primeira quinzena de maio, outros 70 leitos de terapia intensiva foram abertos na rede pública de saúde: Dez Hran, 10 no Hospital de Santa Maria, 30 no HBB e 20 na UPA do Núcleo Bandeirante.

GDF faz 90 mil testes para covid-19

Até quarta-feira (20), a Secretaria de Saúde testou 89.900 cidadãos e confirmou a doença em 1.324 pessoas. Para fazer o teste, basta se cadastrar no site testa.df.gov.br e escolher o ponto em que fará a testagem. A visualização das vagas é disponibilizada até dois dias seguintes à data de marcação.

São Sebastião a caminho da regularização fundiária

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) contratou o levantamento topográfico e os estudos ambientais para a regularização da cidade. Após a conclusão dos estudos, será iniciada a elaboração dos projetos urbanísticos. Outros projetos complementares serão desenvolvidos para viabilizar obras de infraestrutura nos locais que não dispõem de redes de iluminação, águas pluviais, esgoto e água. No total, 16.565 unidades habitacionais devem ser regularizadas.

Santa Maria ganha escola técnica

A partir do dia 23 de junho, os interessados em participar da concorrência para obra da nova Escola Técnica na RA XIII poderão se inscrever no processo. Serão investidos R$ 14,4 milhões (R$ 7,4 milhões de recursos do FNDE e R$ 6,9 milhões do GDF). A unidade atenderá 1,2 mil estudantes.

Deixe um comentário