Pelaí 151

Senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) parabeniza a presidente da República, Dilma Rousseff, pelo lançamento do programa Brasil Carinhoso

Reguffe com Rollemberg

O senador Rodrigo Rollemberg (PSB) e o deputado Reguffe (PDT) pretendem estar juntos em outubro. O socialista encabeçaria a chapa ao Buriti, tendo o pedetista como vice ou senador. Mas o presidente local do PDT, Georges Michel, cumpridor das ordens do dirigente nacional Carlos Luppi, prefere que Reguffe integre a chapa de Agnelo Queiroz (PT).

 

Na Rede sem PSol

Assim, o deputado pode simplesmente não concorrer a cargo algum, pois seu compromisso é se filiar à Rede, de Marina Silva, já em 2015. Além disso, o PSol também resiste em participar de uma coligação com o PDT e o PSB, mesmo sabendo que isto favoreceria Toninho Andrade e a ex-deputada Maninha, seus dois maiores expoentes em Brasília.

 

Esquerda rachada

O possível acordo entre PSB e PDT acendeu a luz amarela no PT, pois a chapa dividiria os votos da esquerda, ameaçando, inclusive, a presença de Agnelo Queiroz num eventual segundo turno. Então, a ordem é abrir espaço para Reguffe, mesmo que ele se recuse. Isto daria motivos para que a executiva nacional fizesse uma intervenção em Brasília. Isto isolaria Rollemberg e enfraqueceria o palanque do presidenciável Eduardo Campos (PSB) na capital da República.

 

Gim no TCU?

Pelos corredores do Congresso, na semana que passou, o senador Gim Argello (PTB-DF) era tratado como “ministro”. O nome do parlamentar é o preferido do chefe da Casa Civil, Aloízio Mercadante, para a vaga a ser aberta com a renúncia do ministro Valmir Campelo, do Tribunal de Contas da União para assumir uma diretoria do Banco do Brasil. Campelo também sonha com uma possível candidatura ao Palácio do Buriti. Antes de ir para o TCU, ele era senador pelo mesmo PTB de Gim e perdeu a disputa com Cristovam Buarque, em 1994.

 

Otimismo com a Copa

A pesquisa mensal de Indicadores do Comércio Varejista, feita entre os dias 6 e 11 de março pelo Sindivarejista, aponta que 21,2% dos empresários do setor acreditam que expandirão seus negócios em função da Copa do Mundo. Brasília sediará sete jogos, o que, na opinião do presidente da entidade, Édson de Castro, abrirá pelo menos 1.000 empregos temporários. A expectativa é de crescimento de vendas de TVs, gravadores DVDs, máquinas fotográficas, celulares e artigos esportivos. Os interessados em trabalhar no comércio durante a Copa podem se inscrever gratuitamente pelo site www.sindivarejista.com.br

 

Hacker Day Adote um Distrital

Sábado (12), a partir das 9h, será o “Hacker Day” de atualização das emendas parlamentares, promovido pelo Instituto de Fiscalização e Controle, responsável pela campanha Adote um Distrital. A ONG criou o projeto de Olho nas Emendas (ONE), para acompanhar onde é aplicado o dinheiro público por intermédio das emendas parlamentares à Lei Orçamentária Anual (LOA) do GDF.  O projeto consiste em selecionar e analisar todos os dados referentes a Emendas Parlamentares disponibilizados pela Câmara Legislativa, e então realizar o mapeamento virtual dos dados. O mapeamento é disponibilizado para a população no site ONE.

 

Dias difíceis

Não foram fáceis os últimos dias para o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure (PT). Sem conseguir sensibilizar a maioria dos distritais a comparecerem ao plenário, ele buscou um acordo para que houvesse um esforço concentrado às terças-feiras. As excelências gostaram.
Gazeta reprovada

Mas a população reagiu negativamente, após a manchete #vaitrabalhardeputado, do Correio Braziliense de quinta-feira (3). No mesmo dia, 19 dos 24 distritais finalmente garantiram quorum à sessão. E Wasny respirou aliviado. Ele não quer ficar com a imagem de quem não conseguiu manter o funcionamento adequado da Casa em pleno ano eleitoral.

 

Romário cala transexual

Uma decisão da Justiça de Brasília proibiu, na prática, que a modelo transexual Thalita Zampirolli fale sobre o seu suposto romance com o ex-jogador e deputado federal Romário (PSB-RJ). A medida impede que ela divulgue imagens e vídeos de encontros íntimos com ele. Do mesmo modo, Thalita não pode narrar eventos deste tipo com o ex-atleta. O affair empatou a rivalidade entre Romário e seu desafeto Ronaldo Fenômeno

 

Homossexuais podem constituir família?

Até às 11h de sexta-feira (4), 699.504 cidadãos haviam votado na enquete promovida pelo site da Câmara dos Deputados querendo saber se os brasileiros “concordam com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher”. Isto é o que prevê o projeto que cria o Estatuto da Família. Nas redes sociais, há uma grande mobilização dos grupos LGBTs em torno do “não”. Para votar, acesse http://www2.camara.leg.br/agencia-app/votarEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E

 

Maconha é a solução

O juiz federal Bruno César Bandeira, da 3ª Vara Federal do DF, concedeu liminar para que a menina Anny, de 5 anos, tenha acesso ao medicamento Canabidiol (CBD), à base de um derivado da maconha. A decisão determina que a Anvisa libere para a família a importação do produto, comercializado no EUA, mas proibido no Brasil. De acordo com parecer elaborado pelo departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, o CBD é apenas um dos 80 canabinóides presentes na maconha, cujos efeitos psicotrópicos são produzidos por um deles, o THC. A menina sofre de um tipo de epilepsia grave desde os 45 dias de vida e chegava a ter 80 crises convulsivas por semana. Após inúmeras tentativas de tratamento frustradas, a família começou a tratá-la com o CBD, obtendo resultados positivos. O produto, entretanto, foi barrado pela Anvisa.

Fonte:

Deixe um comentário