Pelaí 149

PPCUB: agora é pra valer

Está tudo preparado para o GDF encaminhar o projeto do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília – PPCUB à Câmara Legislativa. A ordem do Palácio do Buriti é para que a bancada governista aprove a matéria antes do recesso de junho.

Transparência e participação popular

O secretário de Habitação, Geraldo Magela (foto), vai coordenar, na quarta-feira (26), a reunião do Conplan que aprovará a redação final da proposta. Em nota oficial da Sedhab, na quinta-feira (20), ele deu o recado: “nunca houve no DF um projeto que tenha sido elaborado e votado com tanta transparência e participação popular quanto o PPCUB”.

Vai ou racha

Ou seja, acabou a paciência do GDF com os críticos do PPCUB, que temem a descaracterização de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade. “Em todos os momentos de elaboração do projeto, os debates contaram com a participação do Iphan”, diz Magela. E conclui: “os ataques atraíram a Brasília uma delegação da Unesco, em 2012. E o grupo concluiu que o risco de a cidade perder o título inexiste”.

Tirar os bodes da sala

Na Câmara, porém, a tramitação não será fácil. Gente da própria base se diz favorável a um debate mais profundo. É o caso da deputada Arlete Sampaio (PT). Por isso, o governador Agnelo Queiroz admite, entre paredes, fracionar a proposta. Seriam destacados para debates futuros a criação da Quadra 500 do Sudoeste, a ocupação da 901 Norte e a edificação do canteiro central do Eixo Monumental, próximo à Rodoferroviária.

Parque da Prainha pede socorro

Na terça-feira (19), o deputado Joe Valle (PDT) denunciou o abandono do Parque da Prainha, no Gama. Segundo ele, o que deveria ser um local de lazer e preservação ambiental virou espaço para assaltos, tráfico de drogas e assassinatos. A comunidade local reivindica o cercamento da área, a despoluição do córrego Alagado e a reclassificação da unidade, com atualização do Plano de Manejo. O GDF diz que a Prainha está contemplada no programa Brasília Cidade Parque desde o ano passado. “Mas até o momento nada aconteceu”, rebate Joe Valle.

Um olho no padre, outro na missa

Embora negocie com o PSDB e o DEM, o PPS da deputada Eliana Pedrosa não encerrou as tratativas com o PSB, o PDT e a Rede Sustentabilidade. Muito pelo contrário. No sábado (22) ela foi a Salvador (BA) com o presidenciável Eduardo Campos, o presidente nacional do PPS, Roberto Freire, e a ex-senadora Marina Silva. Em pauta, o plano nacional de governo em um possível acordo no DF com o senador Rodrigo Rollemberg (PSB) e o deputado Antônio Reguffe (PDT).

Recall é o cacife

A deputada Eliana Pedrosa está firme em seu propósito de se candidatar ao Palácio do Buriti (leia entrevista nas páginas 4 e 5). Caso o PPS se alie ao PSDB e ao DEM, ela apresentará como cacife as pesquisas de opinião em que aparece bem à frente do candidato tucano Luís Pitiman. O Instituto Dados aponta a parlamentar com índices em torno de 10% e Pitiman com menos de 2%. No início de abril ela colocará na rua um levantamento encomendado ao marqueteiro Antônio Lavareda.

Homenagem a Cid Varela

O jornalista Adirson Vasconcelos convida para uma sessão da Câmara dos Deputados na segunda-feira (24), in memorian, em homenagem ao ex-superintendente dos Diários Associados, Edílson Cid Varela. “Foi um grande colaborador para a consolidação de Brasília”, diz Vasconcelos.

O ex-presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, afirmou que todos do conselho da empresa, inclusive a presidente Dilma Rousseff, sabiam dos valores da compra da refinaria de Pasadena, que começou a ser efetivada em setembro de 2008, no governo Lula.O gasto de mais de um bilhão de dólares foi autorizado no dia 29 de junho de 2012. E por que ninguém falou disso antes? Esta foi mais uma movimentação do Blocão no Congresso! Aproveitando a exposição do assunto, os senadores Ana Amélia, Pedro Simon, Cristóvam, Rollemberg e Randolfe. O Rollemberg foi quem mais se exaltou sobre o assunto.

Deixe um comentário