PCDF queima 900 quilos de drogas

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) incinerou 887,89 quilos de drogas na manhã desta quarta-feira (21). A corporação — que aguardava decisão judicial para queimar entorpecentes apreendidos nos últimos dois anos — utilizou o forno de uma empresa que faz serviço de incineração de lixo especial, no Setor Industrial de Ceilândia.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) incinerou 887,89 quilos de drogas na manhã desta quarta-feira (21). Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.

Esse é o segundo procedimento feito neste ano. Em junho, 1,2 tonelada de drogas foi destruída. De acordo com o delegado da Coordenação de Repressão às Drogas da PCDF, Luiz Henrique Dourado, aproximadamente 4 toneladas de entorpecentes foram apreendidas no Distrito Federal apenas em 2018.

“Entre as apreensões, há desde um cigarro de maconha até um carregamento que pertencia a traficantes que tentavam entrar no DF”, exemplifica.

Substâncias incineradasQuantidade por quilo
Maconha852
Crack23,783
Cocaína11,734
Skunk0,208
Haxixe0,164
Total887,89

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com Dourado, os produtos saem principalmente das fronteiras do País, como Bolívia e Paraguai. “Algumas drogas sintéticas vêm da Europa. A maior parte das apreensões é de maconha prensada, seguida de cocaína, crack e drogas sintéticas.” A ação, liderada pela Coordenação de Repressão às Drogas, contou com a participação de 40 policiais, além de agentes de trânsito que apoiaram a escolta do material.

A corporação — que aguardava decisão judicial para queimar entorpecentes apreendidos nos últimos dois anos — utilizou o forno de uma empresa que faz serviço de incineração de lixo especial, no Setor Industrial de Ceilândia. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.
Fonte:

Deixe um comentário