PCDF prende grupo que roubava carros no DF para vender em Goiás

De acordo com as investigações da Operação Conexão Anápolis, o bando agia sob encomenda e levava os carros para município goiano. Foto: PCDF/Divulgação

A Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV/PCDF) deflagrou, nas primeiras horas desta terça-feira (27), uma operação para desarticular um grupo criminoso que roubava carros no Distrito Federal e os revendia em Goiás após adulterar os sinais identificadores. A ação foi batizada de Conexão e visa a cumprir 15 mandados judiciais, sendo oito de prisão preventiva e sete de busca e apreensão, nas cidades de Samambaia e Anápolis/GO.

O grupo criminoso é especializado na roubo de veículos, com uso de armas de fogo, adulteração de sinais identificadores e venda dos veículos, especialmente veículos SUV e pickups médias. Esses carros eram clonados e comercializados a receptadores na cidade de Anápolis.

Segundo os investigadores, os veículos roubados eram repassados aos integrantes do grupo por um valor médio de R$ 2 mil e, depois de adulterados, eram revendidos por um valor de R$ 3,5 mil. “É um grupo que se articulou para praticar uma série de crimes. Foi possível identificar ao menos nove crimes executados pelo bando, além do crime de associação criminosa”, destaca o delegado-chefe da DRFV, Marco Aurélio Vergílio.

O trabalho conta com o apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE) e da Especializada de Veículos da Polícia Civil de Goiânia (DERFRVA). Até esta publicação seis pessoas haviam sido presas.

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário